quinta-feira, 14 de julho de 2016

Desastre - RPO e RTO

Créditos da Imagem: http://www.hill2dot0.com


No planejamento da estratégia de HA/DR (alta disponibilidade/recuperação de desastres), é muito importante definir os níveis de SLA com seu gestor e/ou cliente, aceitáveis para o negócio.

Se você ainda não definiu uma estratégia de BACKUP das informações, este é o momento.
Num evento de desastre, é inútil lamentar...

Os conceitos aqui apresentados não servem apenas para SQL Server, mas sim, se aplicam a todos os bancos de dados, e se extendem à todas as informações relevantes para o negócio.

Para simplificar então:

- RPO significa o PONTO de recuperação das informações.
Em outras palavras, em que momento as informações do backup estão 100% aproveitáveis.

- RTO significa o TEMPO de recuperação das informações.
Em outras palavras, quanto tempo vou levar para disponibilizar a aplicação para o usuário final, com todas as informações intactas.

Aqui há uma discussão sobre a Matriz de Responsabilidades e SLA, pois vários fornecedores podem estar envolvidos no processo de recuperação do ambiente, e cada um responde pela sua parte, e a sua atividade vai depender da atividade anterior.

Como exemplo, o sistema depende do banco de dados, que depende do sistema operacional, que depende de um componente (disco por exemplo), que depende do fabricante, e assim por diante.

No entanto, cabe a cada um dos envolvidos reduzir ao máximo os tempos destes 2 indicadores.

No caso de banco de dados, dependendo do tamanho total dos arquivos a serem recuperados, há que se balancear os tempos destes 2 indicadores.

Você pode ter que abrir mão de um em relação ao outro, de acordo com as necessidades do negócio.

Na sua estratégia de backup, considere a plataforma Azure da Microsoft, por exemplo, que pode lhe ajudar com uma solução de HA (alta disponibilidade).

Mais informações no blog do Vitor Fava:
https://vfava.wordpress.com/2013/08/20/dicas-para-dba-iniciante-estrategia-de-backup/

Mais informações no blog do Thomas LaRock:
http://thomaslarock.com/2016/07/survive-any-database-disaster/

Abcs!
Postar um comentário